Política

728x90 - 1

Em reunião com emissário da COP26, Wanderlei Barbosa cobra apoio financeiro para preservação ambiental: "Existem reclamações, mas não o acompanhamento"

Por Cleber Toledo 30/04/2021 às 08:44:59

O Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia Legal esteve reunido nesta quinta-feira, 29, com o diplomata John Murton, enviado britânico da Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática de 2021 (COP26), que acontece em novembro. O vice-governador Wanderlei Barbosa (sem partido) representou o Tocantins. O Plano de Recuperação Verde (PRV) foi a principal pauta do encontro.

Plano de Recuperação Verde

O PRV é composto por quatro eixos e está em fase final de validação, mas já foi aprovado por todos os governadores do consórcio da Amazônia Legal. O primeiro é relativo ao combate ao desmatamento ilegal; o segundo é sobre a produção sustentável; o terceiro relativo à tecnologia verde e capacitação dos profissionais; e o quarto sobre a infraestrutura verde.

Apoio internacional

Wanderlei Barbosa afirmou que o Tocantins levará um projeto sustentável à COP26 e cobrou apoio financeiro internacional. "Queremos levar à COP um projeto sustentável, um projeto que leva aquilo que o mundo busca para preservação da Amazônia, mas de maneira sustentável, equilibrada. O Tocantins tem ido na direção certa. Para manter a Amazônia intacta, precisamos de apoio internacional", afirmou.

Existe reclamação, mas não o apoio

De acordo com o vice-governador, o Tocantins precisa de acompanhamento internacional para os projetos de desenvolvimento sustentável. "Precisamos de acompanhamento internacional. Nós temos uma compreensão da seguinte forma, hoje existem muitas reclamações, mas não existe o acompanhamento, principalmente, econômico e financeiro para manter as brigadas, a fiscalização", complementou.

Sinalização positiva

O embaixador britânico John Murton indicou ser favorável a este suporte "Tenho o entendimento de algumas das questões florestais que vocês descreveram. Os problemas são semelhantes em todo mundo e temos de buscar uma forma de manter a sustentabilidade da floresta e das pessoas que vivem nela. É algo que eu digo nos países europeus que nós temos que garantir. Enquanto as pessoas trabalham para garantir a sustentabilidade das florestas do mundo, temos também que dar um apoio para que isso aconteça. Minha posição é essa e sempre levo adiante", concluiu.

Presenças

O consórcio é formado por Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. A reunião virtual teve a participação dos governadores Gladson Cameli (AC), Waldez Goés (AP), Mauro Mendes (MT), Helder Barbalho (PA), o vice-governador de Rondônia, José Atílio Salazar Martins, a secretária de Estado do Meio Ambiente do Tocantins, Miyuki Hyashida, e o secretário de Estado do Planejamento e Orçamento do Tocantins, Sergislei Moura.

Fonte: Cleber Toledo

Comunicar erro
Comentários

Palmas - TO

+27
?
C
H: +29?
L: +21?
Palmas (Tocantins)
Quinta-Feira, 04 Mar?o
Ver Previs?o de 7 Dias
Sex S?b Dom Seg Ter Qua
+31? +31? +31? +30? +29? +29?
+21? +22? +22? +22? +22? +22?