Cidades

Começa a vacinação de crianças contra Covid-19 em Palmas

Por G1 Tocantins 20/01/2022 às 08:33:31
Primeira dose foi aplicada em uma menina de 10 anos que é portadora de asma. Capital terá oito unidades exclusivas para vacinar público de 5 a 11 anos. A vacinação de crianças contra Covid-19 começou nesta quinta-feira (20) em Palmas. A primeira dose do imunizante pediátrico da Pfizer foi aplicada em Maria Eduarda Alves de Sá Brito, de 10 anos. Ela tem asma e está no grupo de prioridades. O atendimento ocorreu na Unidade de Saúde da Família (USF) da quadra 1.004 Sul.

O primeiro lote da vacina pediátrica da Pfizer chegou ao Tocantins no fim da semana passada e a distribuição para os 139 municípios teve início nesta quarta-feira (19). Devido ao baixo quantitativo de doses recebidas, primeiro serão vacinadas as crianças com comorbidades.

A capital tem um público de 29.259 crianças na faixa etária de 5 a 11 anos. Nesta primeira remessa a cidade recebeu 3.220 vacinas. A vacinação deste público será feita exclusivamente por agendamento e em unidades específicas.

LEIA TAMBÉM

Veja como será a vacinação de crianças nas maiores cidades do Tocantins

Confira quantas doses de vacinas pediátricas contra a Covid cada cidade do TO deve receber

Secretaria divulga unidades que vão vacinar crianças contra Covid na quinta-feira (20) em Palmas

Nesta quinta-feira (20) serão sete unidades de saúde atendendo as crianças no plano diretor e na região sul da cidade. Na sexta-feira (21) o atendimento será no distrito de Taquaruçu.

A Vigilância Epidemiológica da Semus recomenda que, após a vacinação, a criança deve permanecer na unidade por 15 minutos. Além disso, ela não deverá receber outro imunizante no mesmo dia ou em até 15 dias após a vacinação contra a Covid-19.

Os pais ou responsáveis devem ficar atentos às exigências para a vacinação em Palmas:

Apresentar documento de identidade, CPF ou certidão de nascimento da criança;

Termo de Consentimento (disponível no site ou na unidade de saúde);

Cartão de vacinação;

Laudo médico comprovando a comorbidade ou condição especial

O imunizante

Frascos da vacina da Pfizer em versão pediátrica (laranja) e a partir dos 12 anos (roxa)

Tobias Schwarz/AFP

A vacina para crianças de 5 a 11 anos tem diferenças em relação à aplicada em adolescentes e adultos. Por isso, o governo federal adquiriu uma versão específica do produto com dosagens e frascos diferentes (foto acima), apesar de o princípio ativo ser o mesmo.

A mesma autorização de uso já foi concedida pelo FDA e pela EMA (agências regulatórias de saúde dos Estados Unidos e União Europeia).

Em outubro de 2021, a Pfizer disse que a vacina é segura e mais de 90,7% eficaz na prevenção de infecções em crianças de 5 a 11 anos. O estudo acompanhou 2.268 crianças de 5 a 11 anos que receberam duas doses da vacina ou placebo, com três semanas de intervalo.

Veja mais notícias da região no g1 Tocantins.

Fonte: G1 Tocantins

Comunicar erro
Comentários
+31
°
C
H: +32°
L: +22°
Palmas (Tocantins)
Domingo, 13 Junho
Ver Previs?o de 7 Dias
Seg Ter Qua Qui Sex S?b
+34° +33° +32° +34° +34° +34°
+23° +24° +23° +23° +23° +24°